Licenciaturas para estudantes Internacionais

Se és um estudante internacional e pretendes concorrer a uma licenciatura do IPLeiria podes fazê-lo ao abrigo do Estatuto do Estudante Internacional. 
Descobre abaixo o que é necessário.


Quem se pode candidatar e como

Destinatários

Podem candidatar-se às licenciaturas do IPLeiria através de concurso especial para estudantes internacionais todos os estudantes que não tenham a nacionalidade portuguesa e que:

  1. não sejam nacionais de um Estado membro da União Europeia;
  2. não residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 31 de agosto do ano em que pretendem ingressar no ensino superior;
  3. não se encontrem a frequentar uma instituição de ensino superior portuguesa no âmbito de um programa de mobilidade internacional.  

Vagas para Estudantes Internacionais

 

Condições de candidatura a licenciaturas

Podem candidatar -se aos ciclos de estudos de licenciatura do IPLeiria os estudantes internacionais:

a. Titulares de uma qualificação que dê acesso ao ensino superior, entendida como qualquer diploma ou certificado emitido por uma autoridade competente que ateste a aprovação num programa de ensino e lhes confira o direito de se candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido;
b. Titulares de um diploma do ensino secundário português ou de habilitação legalmente equivalente.

Qualificação académica

a. Os candidatos devem demonstrar conhecimentos nas matérias das provas de ingresso portuguesas, sendo o seu nível e conteúdo equivalentes aos dos estudantes admitidos através do regime geral de acesso e ingresso para o ciclo de estudos em causa.
b. Quando o candidato é titular de curso de ensino secundário português ou equivalente a verificação da qualificação para ingresso no ciclo de estudos faz-se com base nas classificações das provas de ingresso portuguesas fixadas para o ciclo de estudos em causa.
c. As provas de ingresso e respetiva ponderação relativas aos candidatos oriundos de sistemas de ensino estrangeiros que tenham realizado exames – ENEM ou outros que confiram idêntica habilitação – são divulgadas por despacho do presidente do IPLeiria.

d. No caso de candidatos oriundos de sistema de ensino estrangeiro que não se enquadrem nas situações previstas nos pontos anteriores a verificação da qualificação académica faz-se com base em prova documental:
– Do aproveitamento em provas de nível e conteúdo equivalentes aos dos estudantes admitidos através do regime geral de acesso e ingresso para o ciclo de estudos, incluindo respetivas classificações finais e escala de classificação; e/ou
– Do aproveitamento em nível de ensino que proporcione a aquisição de conhecimentos em matérias de nível e conteúdo equivalentes aos dos estudantes admitidos, através do regime geral de acesso e ingresso para o ciclo de estudos, incluindo respetivas classificações finais e escala de classificação.
e. Em todas as outras situações, o candidato pode realizar as provas de ingresso portuguesas como estudante autoproposto ou realizar no IPLeiria provas equivalentes às provas de ingresso portuguesas para o curso a que se candidata.

Conhecimento da língua

A frequência de qualquer um dos ciclos de estudo de licenciatura do IPLeiria exige um domínio independente da língua em que o curso é ministrado (nível B2), de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (QECR).

Os estudantes internacionais que não possuam o nível B2 podem candidatar -se desde que frequentem uma formação no IPLeiria, na língua em que o curso é ministrado, que lhes permita atingir o referido nível.

Estão excecionados das disposições anteriores os estudantes que tenham frequentado o ensino secundário na língua em que é ministrado o curso a que se candidatam.

Documentos a apresentar na candidatura

Documentos a apresentar na candidatura:
a) Cópia de documento de identificação civil válido emitido pelas autoridades do país de origem;
b) Diploma do ensino secundário português ou de habilitação legalmente equivalente, quando aplicável;
c) Diploma ou certificado emitido por uma autoridade competente que ateste a aprovação num programa de ensino e lhes confira o direito de se candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido;
d) No caso previsto na alínea anterior deve ser apresentada declaração emitida pelos serviços competentes do país onde foi concluído o programa de ensino atestando que a habilitação em causa é suficiente para ingressar no ensino superior no país em que foi conferido.
e) Cópia dos documentos comprovativos das classificações obtidas:

i) Nas provas de ingresso portuguesas, para os titulares de ensino secundário português ou equivalente e para os estudantes internacionais autopropostos;

ii) No exame nacional de acesso ao ensino superior, para os candidatos titulares de um diploma de ensino médio — ENEM — ou outros diplomas que confiram idêntica habilitação, conforme despacho do presidente do IPLeiria.
iii) Do aproveitamento em provas de nível e conteúdo equivalentes aos dos estudantes admitidos através do regime geral de acesso e ingresso para o ciclo de estudos, incluindo respetivas classificações finais e escala de classificação; e/ou

iv) Do aproveitamento em nível de ensino que proporcione a aquisição de conhecimentos em matérias de nível e conteúdo equivalentes aos dos estudantes admitidos através do regime geral de acesso e ingresso para o ciclo de estudos, incluindo respetivas classificações finais e escala de classificação.

f) Diploma ou certificado comprovativo do nível de conhecimento da língua em que é ministrado o curso;
g) Pré-requisitos exigidos pelo ciclo de estudos a que se candidatam, quando aplicável, sendo a sua comprovação feita até ao momento da inscrição às unidades curriculares ou em momento anterior quando possível
h) Procuração, quando a candidatura for apresentada por procurador.
Os estudantes que ingressem no ensino superior ao abrigo do regime do estudante internacional mantêm a qualidade de estudante internacional até ao final do ciclo de estudos.

 As candidaturas são realizadas online em Portal de Candidaturas

 

Para mais informações consulte o Regulamento do Estudante Internacional do IPLeiria.


Quando me candidato

Concurso para Estudantes Internacionais

É definido o seguinte calendário:

  1.ª Fase 2.ª Fase 3.ª Fase
Período de candidaturas 27 de janeiro a 21 de abril 13 de maio a 30 de junho 17 de julho a 6 setembro
Período de realização de provas1 4 a 7 de Julho 11 e 12 de setembro
Publicação de resultados2 28 de abril 14 de julho 13 de setembro
Período de reclamações 2 e 3 de maio 17 a 18 de julho 14 a 15 de setembro
Matrículas 3 4 a 12 de maio 19 a 26 de julho 18 a 22 de setembro

 

1 Quando aplicável.

2 Serão resultados provisórios para os candidatos aos cursos que exijam satisfação de pré-requisitos ou cuja situação o candidato obrigue à realização de provas.

3 O período de matrículas não se aplica ao candidato ao abrigo do estatuto de estudante internacional.


Resultados das candidaturas

Concurso Estudantes Internacionais 2016/2017

Resultados das candidaturas ÀS LICENCIATURAS  | 1.ª FASE ; 2.ª FASE E 3.ª fase

em atualização

 

//ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS SOCIAIS

 

// ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO (ESTG)

 

//ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN (ESAD.CR)

 

 

 

//ESCOLA SUPERIOR DE TURISMO E TECNOLOGIA DO MAR (ESTM)

 

//ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE (ESSLei)

 

 

Para mais informações contacte estudante.internacional@ipleiria.pt


 

Matrículas e Propinas

Exclusivamente para alunos do Contingente Internacional ( fora da União Europeia)

Depois da divulgação dos resultados, segue-se o período para matrículas. Para que possa preparar a sua matrícula e deslocação informamos os passos que se seguem:

Passo ❶ | Pagamento da taxa de matrícula

O processo inicia-se com o pagamento da taxa de matrícula no valor de 500€. Pode fazê-lo de 2 formas:

Transferência Bancária | Todas as informações sobre a operação podem ser encontradas neste ficheiro aqui. Caso o mesmo não seja efetuado num prazo de 5 dias úteis não será possível garantir a sua vaga. Envie-nos o comprovativo de pagamento para o email estudante.internacional@ipleiria.pt

Por cartão de crédito | Aceda ao formulário de:

PT – Estudante Internacional – Pagamento Taxa de Matrícula aqui.

ES – Estudante Internacional – Pagamento Taxa de Matrícula aqui.

Passo ❷ | Envio da Carta de Aceitação

Depois do nosso departamento financeiro confirmar a entrada do valor, de imediato procedemos ao envio da sua carta de aceitação para que possa dar início ao seu processo de visto.

Nota: Envie-nos a morada para onde deveremos remeter o original da carta de aceitação.

Passo ❸ | Obtenção do visto de entrada em Portugal

Para que este processo decorra com tranquilidade, sugerimos que consulte a nossa página de estudantes internacionais onde pode encontrar informação sobre este assunto.

Nota: Nesta altura, deve fazer-se acompanhar dos documentos originais (certificados académicos) a fim de que os mesmos sejam visados/ autenticados pelo Consulado português.

Passo ❹ | Matrícula e Propinas

Após a obtenção do visto, e para que possamos continuar com a reserva do seu lugar no curso pretendido, deve proceder ao pagamento dos seguintes montantes aqui definidos com as seguintes condições:

// Pagamento de 40% da anuidade

 // Pagamento do seguro escolar: 2,5€

Nota: Não haverá lugar ao reembolso da taxa de candidatura e de matrícula.

Qualquer dúvida, pode entrar em contato connosco através do email: estudante.internacional@ipleiria.pt