TeSP em Gerontologia

Objetivos

O Técnico Superior Profissional em Gerontologia é o profissional que, integrado numa equipa multiprofissional, será capaz de contribuir para a satisfação das necessidades da pessoa idosa, como ser biopsicossocial, promovendo a sua segurança, bem estar e qualidade de vida.


Atividades Principais

  • Planear, gerir e executar, sob supervisão, atividades promotoras do bem estar físico, mental e social da pessoa idosa em diferentes contextos
  • Intervir socialmente com os idosos, família e comunidade envolvente de forma responsável, assertiva e segura
  • Projetar e promover o desenvolvimento de atividades e a organização de serviços para promoção de um envelhecimento ativo e saudável
  • Prestar acompanhamento e cuidados psicossociais a utentes, mediante a aplicação de conhecimentos específicos sobre o desenvolvimento do ser humano
  • Promover e educar, sob supervisão, para a adoção de medidas de segurança e cuidado por parte da pessoa idosa
  • Promover e colaborar no desenvolvimento de atividades de prestação de cuidados à pessoa idosa e sua família
  • Colaborar na avaliação da qualidade dos serviços prestados, propor e implementar medidas visando a melhoria dessa qualidade
  • Implementar e participar na definição de planos de manutenção e organização do espaço e dos equipamentos das instituições

Plano curricular

CodeCurricular Unit Period ECTS Workload
Desenvolvimento PessoalSemestral445 horas
Introdução às Ciências da Terra e da VidaSemestral222 horas
Matemática e EstatísticaSemestral445 horas
Língua InglesaSemestral445 horas
Tecnologia de Informação e Comunicação na SaúdeSemestral445 horas
Psicologia do DesenvolvimentoSemestral665 horas
Estruturas e Funções do Corpo HumanoSemestral665 horas
Políticas e Sistemas de SaúdeSemestral775 horas
Fundamentos de GerontologiaSemestral775 horas
Higiene e Segurança em Instituições de Apoio a IdososSemestral445 horas
Nutrição e DietéticaSemestral445 horas
Princípios de FarmacologiaSemestral445 horas
Microbiologia e ParasitologiaSemestral445 horas
CodeCurricular Unit Period ECTS Workload
Saúde Mental no IdosoSemestral665 horas
Intervenção em GerontogeriatriaSemestral775 horas
Primeiros Socorros e Suporte Básico de VidaSemestral555 horas
Envelhecimento Ativo e SaudávelSemestral775 horas
Produtos de Apoio para Pessoa IdosaSemestral555 horas
EstágioSemestral30525 horas

Prosseguimento de estudos

ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR
O acesso e ingresso no Ensino Superior para os titulares de um Curso Técnico Superior Profissional (TeSP) é regulado pelo Decreto-Lei n.º 113/2014. Os titulares de um TeSP podem concorrer a um ciclo de estudos de licenciatura pela via dos Concursos Especiais de Acesso ao Ensino Superior.

O ingresso estará sujeito a seriação, conforme legislação aplicável, e ao número de vagas estipulado para o curso/regime a que se candidata. As informações sobre os concursos especiais podem ser consultadas aqui.

 

Prova de ingresso
A realização da candidatura a um ciclo de estudos de licenciatura está condicionada à aprovação numa prova de ingresso específica que visa avaliar a capacidade para a frequência do ciclo de estudos em que o estudante pretende ingressar.

 

Dispensa da prova de ingresso
Os titulares de um TeSP podem ser dispensados da realização da prova de ingresso específica quando, nos casos devidamente regulamentados, o estudante tenha obtido aprovação em unidades de formação do plano de estudos do TeSP cujos conteúdos programáticos sejam equivalentes aos que são avaliados na prova de ingresso para determinado ciclo de estudos.

Para o TeSP em Gerontologia estão dispensados da realização da prova de ingresso específica os candidatos às licenciaturas em:

  • Dietética
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Terapia da Fala
  • Terapia Ocupacional

Condições de acesso

  1. Titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente
  2. Titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional
  3. Estudantes que, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10.º e 11.º anos de um curso de ensino secundário, ou de habilitação legalmente equivalente, e não tendo concluído o curso de ensino secundário, sejam considerados aptos através de prova de avaliação de capacidade a realizar pela instituição de ensino superior (1)
  4. Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março

 (1) Para efeitos de admissão, apenas serão consideradas válidas as candidaturas de candidatos cujas unidades curriculares (ou módulos) em atraso sejam exclusivamente do 12.º ano (ou do 3.º ano no caso das formações profissionais ou tecnológicas). No caso das unidades curriculares bianuais ou trianuais, a classificação parcial do 10.º e do 11.º ano (ou do 1.º e do 2.º ano no caso das formações profissionais ou tecnológicas) deverá ser obrigatoriamente positiva (igual ou superior a 10 valores).

Mais informações

Plano de estudos
A aguardar publicação da DGES

Para obter mais informações sobre os CTeSP e a oferta formativa do Politécnico de Leiria contacte-nos pelo e-mail ctesp@ipleiria.pt.


Nota: Esta informação não dispensa a consulta do edital constante nesta página