Licenciaturas

Ciências da Informação em Saúde

:: parceria entre a Escola Superior de Saúde e a Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPLeiria ::

Visa a formação de profissionais com sólidos conhecimentos na área da Saúde e dos Sistemas de Informação em Saúde, incluindo a análise, classificação e visualização da informação de saúde, e a correta utilização de Tecnologias e Sistemas de Informação (TSI). Inclui, ainda, a parametrização e utilização de TSI de suporte à saúde pública, aos processos (organizacionais, de gestão e clínicos) e à prática de cuidados de saúde, ao circuito do medicamento e à prescrição electrónica de medicamentos e de meios complementares de diagnóstico e terapêutica, à gestão farmacêutica, às análises clínicas e à gestão hospitalar em geral. Conta ainda com uma vertente iminentemente prática e profissionalizante, reforçada com o desenvolvimento de estudos e projetos em parceria com organizações de saúde, e de instituições de investigação. Incide ainda nas normas e tecnologias específicas aplicadas ao armazenamento, acesso seguro, anonimização, transmissão e correta visualização de dados de saúde.

Veja aqui o video do CIS

Dietética

Possibilita o acesso à profissão de Dietista, sendo reconhecido legalmente em Portugal pela Ordem dos Nutricionistas (Regulamento nº 510/2012 de 27 de dezembro da Ordem Nutricionistas) e segue os parâmetros de referência para a formação e exercício da profissão a nível europeu, definido no “Benchmark para a dietética” da Federação Europeia das Associações de Dietistas (EFAD, 2009).

Ordem dos Nutricionistas | Profissão de Dietista 

Enfermagem

O curso focaliza-se num desenvolvimento do saber específico de enfermagem centrando-se a atuação de enfermagem em todos os níveis de atuação do sistema de saúde, e transforma esta profissão na que mais tempo e experiências partilha com os cidadãos. Ao mesmo tempo, é sensível às transformações sociais, modificando-se de acordo com as necessidades e os desafios que lhe vão sendo progressivamente colocados. Preparar os estudantes de enfermagem para esta perspetiva de mudança e de adaptação às necessidades das diferentes pessoas, é uma das vertentes mais importantes do Curso de Licenciatura em Enfermagem.

Possui como principal finalidade o desenvolvimento de competências profissionais e académicas, numa interação dinâmica entre teoria e prática, aumentando de complexidade à medida a que o estudante progride na sua formação.

Fisioterapia

Os fisioterapeutas, enquanto membros de uma equipa de prestação de cuidados de saúde, estão envolvidos na promoção da saúde e bem-estar de pessoas, familiares e do público em geral, na prevenção de deficiências, de limitações funcionais, de incapacidades, no tratamento e reabilitação ao longo do ciclo vital.

Os principais objetivos propostos para o curso são: Formar licenciados com elevada perceção sistémica do ser humano, da saúde, dos saberes científicos e técnicos, da investigação e da prática clínica; Formar licenciados que saibam usar a sua autonomia na decisão ponderada pelos valores da beneficência, da não maleficência e da justiça; Formação flexível compatível com a evolução dos conhecimentos científicos e tecnológicos, com a mobilidade internacional, com a cooperação nacional e internacional e com os vários contextos sociais e culturais; Formação que consolide conhecimentos atuais e que estimule a necessidade de formação ao longo da vida.

Terapia da Fala

A formação na área da Terapia da Fala prepara profissionais sensíveis e aptos, tanto do ponto de vista científico como técnico, para responder a um conjunto de alterações de comunicação, linguagem e fala. A organização do curso está em linha com os países europeus de referência, formando profissionais a quem compete a prevenção, a avaliação, o tratamento e o estudo científico da comunicação humana e das perturbações associadas. Neste contexto, a comunicação engloba todas as funções associadas à compreensão e à expressão da linguagem oral e escrita, assim como todas as formas apropriadas de comunicação não-verbal.

Terapia Ocupacional 

O curso visa promover a formação científica e conferir ao terapeuta ocupacional competências para saber descrever, identificar, prevenir, tratar e comparar problemas de desempenho ocupacional, utilizando técnicas, procedimentos, métodos e modelos com fins terapêuticos. Desta forma, o terapeuta ocupacional, utilizando os fins terapêuticos da ocupação, deverá ser capaz de promover a saúde, prevenir lesões e incapacidades e desenvolver, melhorar, manter ou restaurar a funcionalidade do indivíduo, respeitando as suas capacidades, limitações e adaptações à sua condição física, mental e social.

Mestrados

Enfermagem à Pessoa em Situação Crítica

A formação especializada de profissionais de enfermagem que respondam com maior eficiência às situações de trauma, emergência e apoio humanitário é também um desiderato da reorganização do nosso sistema de saúde. Foi com este pensamento e tendo em conta as competências esperadas no Enfermeiro Especialista em Enfermagem à pessoa em situação crítica (regulamentos 122/2011 e 124/2011 de 18 de Fevereiro) que se desenhou um plano que permita o desenvolvimento de profissionais autónomos, com espírito crítico e reflexivo, que participem ativamente no desenvolvimento organizacional das instituições, respeitem a pessoa e a família em todo o processo de cuidados, participem na inovação e desenvolvimento da prática da enfermagem com recurso a metodologias de investigação e tomem decisões ético-legais de acordo com os valores da profissão.

Mestrado em Intervenção para um Envelhecimento Ativo

O Mestrado em Intervenção para um Envelhecimento Ativo surgiu para dar resposta às necessidades sociais no segmento específico da população de níveis etários mais elevados. Este mestrado visa promover o conhecimento científico e técnico no domínio do envelhecimento ativo, intervir nas várias vertentes de apoio ao idoso (promoção da saúde, prevenção da doença, preparação da reforma, promoção da vida ativa e do lazer), desenvolver o trabalho em equipas multifuncionais, orientadas para as necessidades, procurar soluções que preparem os cidadãos para um envelhecimento ativo, ao nível das instituições públicas, privadas e do terceiro sector, mobilizar elevados números de adultos e idosos que, contribuindo com o seu tempo, habilidades e experiência, ajudem a resolver problemas da comunidade e liderar novas iniciativas de reconstituição de capital social.

Pós-Graduações

Ciências Aplicadas à Acupuntura (candidaturas abertas até dia 30 de setembro de 2016)

Este curso pretende desenvolver conhecimentos e competências de académicos e profissionais que se dedicam à promoção da saúde e à prevenção de doenças; aprofundar conhecimentos na área das ciências aplicadas à acupuntura e otimizar as competências dos profissionais da área da saúde, acupuntores e professores; dotar os formandos de instrumentos e ferramentas que permitam sustentar a prática profissional e potenciar a capacidade de resolução de problemas.

Mais informações

Nutrição Comunitária e Saúde Pública (candidaturas abertas até 30 de setembro de 2016)

A alimentação e a nutrição constituem preceitos básicos para a promoção e a proteção da saúde que são resultado da união harmoniosa destes dois requisitos que, constituindo etapas de significado e ação diferentes, não deixam de estar correlacionadas entre si garantindo ao indivíduo a completa função orgânica, a plenitude do potencial de crescimento e desenvolvimento humano com qualidade de vida. Do ponto de vista da saúde pública, os problemas nutricionais variam desde a obesidade à insegurança alimentar, devendo ser abordados em contextos familiares, sociais e governamentais.
Neste sentido, é fundamental identificar as áreas prioritárias de intervenção, de modo a delinear planos de intervenção adequados, no âmbito da nutrição comunitária, nomeadamente em populações com necessidades especiais (grávidas, crianças, adolescentes ou idosos, por exemplo), com aplicações que estão estreitamente associadas à prevenção de várias doenças e promoção da saúde dessas comunidades.
O Programa da Pós-Graduação em Nutrição Comunitária e Saúde Pública visa proporcionar conhecimentos e competências a académicos e profissionais que se dedicam à promoção da saúde e prevenção da doença em comunidades e populações.

Mais informações

Cuidados Paliativos

Este curso destina-se a desenvolver nos profissionais que actuam na área dos cuidados paliativos as competências necessárias à prática de cuidados físicos, psicológicos e psicossociais a doentes e famílias que vivem situações de doença terminal, tanto na comunidade, como em internamento. Os Cuidados Paliativos, são definidos pela OMS (2002) como cuidados activos numa abordagem global da pessoa (doente e família) atingida por uma doença grave, evolutiva ou terminal, com o objectivo de prevenir e aliviar a dor e o sofrimento.

Terapia da Mão

A pós-graduação em Terapia da Mão é uma formação especializada de nível superior orientada para a reeducação funcional do membro superior, com uma forte componente teórico-prática nas ciências clínicas, dirigido a Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais.

Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP)

Gerontologia

O Técnico Superior Profissional em Gerontologia é o profissional que, integrado numa equipa multiprofissional, será capaz de contribuir para a satisfação das necessidades da pessoa idosa, como ser biopsicossocial, promovendo a sua segurança, bem estar e qualidade de vida.

Mais informações