Reconhecendo a importância da aproximação do Ensino Superior à comunidade, em particular ao meio empresarial, o IPLeiria, a NERLEI e a CEFAMOL assinaram, a 11 de julho de 2013, um protocolo que, no âmbito das respetivas atividades, estabelece formas de cooperação tendo em vista o aproveitamento recíproco das suas potencialidades científicas, técnicas e humanas. No âmbito do protocolo e desde a sua assinatura, têm sido promovidas e realizadas um conjunto de atividades e ações que todos os anos se resumem e das quais é feito um balanço num Encontro Anual promovido entre as partes.

Nuno MangasPresidente do Politécnico de Leiria

O protocolo “IPL Indústria” materializa a nossa forma de ver o ensino superior: em estreita ligação com o mundo empresarial. Resulta muito de um trabalho de proximidade desenvolvido entre as pessoas que estão nas empresas e as pessoas que estão no Politécnico de Leiria, assente na confiança mútua e no reconhecimento da complementaridade entre estes dois tipos de instituições.

E em boa verdade esta proximidade traz benefícios importantes para a academia e para as empresas. Por um lado, a formação que ministramos é mais ajustada às necessidades das empresas, permitindo aos diplomados uma melhor inserção no mercado de trabalho. Por outro lado, o maior envolvimento das empresas em projetos conjuntos de investigação e inovação potencia os processos de transferência a do conhecimento que são fundamentais para a melhoria dos seus produtos e processos e para o reforço da sua capacidade competitiva.

O maior mérito do protocolo “IPL Indústria” é o reforço que trouxe na aproximação entre o mundo académico e o mundo empresarial da região de Leiria. Esta aproximação tem contribuído para atrair talentos e permitir aos alunos o contacto com o meio empresarial durante a sua formação académica, quer seja através de estágios, trabalhos curriculares ou mesmo visitas às empresas.

Pretende-se também que docentes e/ou investigadores convivam e conheçam as especificidades e exigências a que estão sujeitas as empresas. Além disso, criam-se sinergias de transmissão de conhecimento entre meio empresarial e meio académico que potenciam a investigação e a inovação.

Jorge SantosPresidente da NERLEI
João FaustinoPresidente da CEFAMOL

O Protocolo “IPL Indústria” tem promovido um reforço da interação entre as entidades promotoras com o objetivo de dinamizar uma aproximação entre o meio empresarial e a academia. Esta relação tem permitido reforçar a visibilidade e posicionamento da nossa Indústria, demonstrando as oportunidades de qualificação e empregabilidade que a mesma encerra, nomeadamente em áreas técnicas e de alto valor acrescentado.

O Protocolo tem sido preponderante para que esta interação se acentue através das visitas dos alunos e professores a empresas, da realização de estudos, trabalhos e teses com base em necessidades ou casos concretos da Indústria e, aos sempre importantes, estágios dos alunos no Sector que geram oportunidades de emprego. Consideramos que esta é também uma perceção das nossas empresas e o reconhecimento está à vista através do número de bolsas de estudo por elas atribuídas aos jovens que vêm estudar para o IPL – passámos de 7 bolsas no primeiro ano para 24 no segundo, o que é notável.