A estimação da idade de um indivíduo com base em padrões dentários é uma metodologia cuja aplicação é cada vez mais relevante. O atlas de Londres da erupção e desenvolvimento dentário é o mais recente método e representa uma melhoria relativamente aos métodos mais antigos. O objetivo deste estudo é avaliar a precisão da estimação da idade na população portuguesa utilizando o atlas de Londres.

A amostra do estudo é constituída por 736 imagens radiográficas de indivíduos portugueses com idades compreendidas entre os 3 e os 24 anos.

Os resultados obtidos mostram que o atlas de Londres pode ser aplicado como uma metodologia fiável na estimação da idade. Contudo, a diferença entre géneros sugere que devem ser elaboradas tabelas específicas para cada género.