Estudantes do Equador não esquecem abalo

IMG-20170417-WA0007

No dia 16 de abril de 2016 um forte terremoto de 7,8 graus na Escala Richter abalou a costa norte do Equador, fazendo mais de 650 mortos, o que levou o Governo Nacional a declarar estado de emergência em seis províncias do país.

Passado um ano deste trágico acontecimento, um grupo de estudantes de mestrado do Politécnico de Leiria, provenientes do Equador, decidiu organizar um conjunto de atividades simbólicas em homenagem às vítimas levando a cabo a mostra de um filme e uma largada de balões brancos a partir do terraço do  Politécnico de Leiria.

A escola é por natureza um espaço de aprendizagem, mas pode também ser apropriado pelos estudantes enquanto espaço de encontro de diferentes culturas e de manifestações de solidariedade trazendo assim um novo significado a este espaço público.