Politécnico de Leiria assina protocolo com o Ministério da Solidariedade e Segurança Social para realizar testes de diagnóstico Covid-19

Foi celebrado no dia 27 de abril, o acordo que formaliza a entrada em funcionamento de um laboratório para diagnóstico da COVID-19, no Centro de Investigação e Desenvolvimento (I&D), Formação e Divulgação do Conhecimento Marítimo (CETEMARES), em Peniche. O protocolo assinado Pelo Politécnico de Leiria com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, tem como finalidade o estabelecimento de uma parceria que visa promover o apoio, em particular no distrito de Leiria, às populações mais vulneráveis no contexto do estado de emergência nacional decorrente da pandemia internacional provocada pela doença COVID-19.

A sessão contou com a participação da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Godinho, do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, da ministra da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

 

Este será um centro onde serão aplicados testes de diagnóstico da doença COVID-19 aos utentes e trabalhadores das Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI) e dos Serviços de Apoio Domiciliário (SAD) nas Comunidades Intermunicipais da Região de Leiria, Região de Coimbra, Oeste, Médio Tejo, e noutros locais que se mostre como necessário, sob coordenação do Instituto da Segurança Social, I.P.

O laboratório do Politécnico de Leiria, que entrará de imediato em funcionamento, detém meios e recursos para desenvolver e aplicar testes de diagnóstico da doença COVID-19, instrumento essencial para, junto das populações mais vulneráveis, poder diagnosticar, prevenir, programar e delinear as estratégias de mitigação do contágio da população. Certificado pelo Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge, o centro vai funcionar com a colaboração de professores e investigadores voluntários do Politécnico de Leiria e terá uma capacidade prevista de 90 testes diários. A curto prazo espera-se poder duplicar o número de testes a realizar.

Nota de Imprensa

Álbum de Fotografias

 

» MAIS INFORMAÇÕES COVID-19