Politécnico de Leiria assina Protocolo com Ministérios da Saúde e do Mar para ampliar testes da COVID-19 a Pescadores

Na mesma data em que se celebrou o “Dia Europeu do Mar”, 20 de maio, o Politécnico de Leiria assinou protocolos de colaboração com o Ministério da Saúde (ARSLVT), o Ministério do Mar (DGRM), o Município de Peniche, o Município da Nazaré, a Docapesca, a Organização de Produtores da Pesca do Centro, a Cooperativa dos Armadores da Pesca Artesanal, e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Peniche, para ampliar a capacidade de realização de testes (500) de diagnóstico da COVID-19 aos pescadores que exercem a sua atividade nos portos de pesca de Peniche e da Nazaré. O acordo foi firmado numa cerimónia que contou com a presença do ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, com o secretário de Estado da Saúde, António Sales, e com secretário de Estado das Pescas, José Apolinário.

A sessão teve início com a intervenção do presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, seguindo-se as declarações do secretário de Estado da Saúde, e, posteriormente, do ministro do Mar. Por fim, teve lugar a formalização da colaboração entre as instituições e entidades, com assinatura dos protocolos de colaboração.    

As análises serão asseguradas pelo Centro Diagnóstico COVID-19 do Politécnico de Leiria, instalado no Centro de Investigação e Desenvolvimento (I&D), Formação e Divulgação do Conhecimento Marítimo (CETEMARES), em Peniche. Este laboratório, que entrou em funcionamento no dia 27 de abril, possui meios e recursos para desenvolver e aplicar testes de diagnóstico da doença COVID-19, instrumento essencial para, junto das populações mais vulneráveis, poder diagnosticar, prevenir, programar e delinear as estratégias de mitigação do contágio da população. Certificado pelo Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge, o centro funciona com a colaboração de professores e investigadores voluntários do Politécnico de Leiria.

 

Álbum de Fotografias