Mestrado em Design para a Saúde e Bem-Estar

Vagas abertas para 2020/2021

Apresentação do curso

A humanidade está a enfrentar uma crise global, única numa geração. Tal como outras áreas, o design é chamado a servir a sociedade e os cidadãos na procura de soluções que ajudem na defesa, deteção e diagnóstico de doenças, no acompanhamento e informação às populações em isolamento, no teletrabalho, no ensino à distância, na promoção da vida social dos jovens e na parentalidade. Mais do que nunca, o design deve ser um agente activo de progresso e mudança. Deve contribuir com o seu conhecimento, metodologias e criatividade para reinventar o mundo onde iremos viver, sendo parte fundamental repensar os sistemas de saúde, economia, política, cultura e vida social, sem esquecer as desigualdades da nossa sociedade contemporânea.

 A ESAD.CR lança o Mestrado em Design para a Saúde e Bem-Estar, pioneiro no domínio do design de produtos, soluções, plataformas, apps e serviços inovadores na área da saúde e do bem-estar, com o objetivo de promover a qualidade de vida do Homem. Este mestrado segue uma tradição de experimentação interdisciplinar, característica da ESAD.CR, ao integrar, numa formação, conteúdos programáticos que cruzam o domínio do design com os conhecimentos das áreas das ciências da vida e da engenharia.

Mais informação aqui.

 

Objetivos

O objetivo principal deste mestrado consiste em formar profissionais de projeto, com conhecimentos e competências interdisciplinares, para integrar equipas e atuar em situações complexas e de mudança. Estes deverão ser capazes de identificar problemas, apresentar propostas e desenvolver novas soluções e experiências que atuem no suporte, na otimização e promoção da saúde e do bem-estar do indivíduo e das sociedades, bem como, numa forma de vida sustentável e responsável. Pretende-se valorizar a diversidade de percursos, interesses e motivações dos estudantes, orientando-os na construção de um projeto individual.

 Ao longo de toda a formação, haverá contacto com designers, investigadores, profissionais de saúde, engenheiros, empresários e decisores. Além disso, a ESAD.CR tem parcerias com empresas e instituições nacionais e internacionais que operam nas áreas da saúde, do bem-estar, do design e das tecnologias. Destacamos ainda a estreita ligação com a nossa unidade de investigação LIDA – Laboratório de Investigação em Design e Artes.

Plano curricular

CódigoUnidade Curricular Período ECTS Horas de contacto
Fatores Humanos no Design para o Bem-Estar1S675 h
Psicologia para o Bem-Estar1S640 h
Fisiologia Humana1S630 h
Design para Dados Complexos1S660 h
Seminário I1 S660 h
Design de Experiência do Utilizador em Saúde2 S12100 h
Sistemas e Sinais Neurobiológicos2 S660 h
Métodos de Investigação em Design2 S660 h
Seminário II2 S660 h
CódigoUnidade Curricular Período ECTS Horas de contacto
Design de Translação1 S660 h
Projeto I1 S24135 h
Projeto II2 S30

Condições de acesso

Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:

  • Titulares do grau de licenciado (ou equivalente legal) na área do Design, Multimédia, Novos Média, Artes Plásticas, Ciências da Vida, Engenharia, interessados em prosseguir os estudos na área do Design para a Saúde e Bem-Estar;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um primeiro ciclo de estudos
    organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este processo;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido pelo órgão científico da ESAD .CR –
    Politécnico de Leiria, estatutariamente competente, como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado;
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como a testando capacidade
    para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico da ESAD.CR – Politécnico de Leiria, estatutariamente competente.

Estudante internacional
Todas as informações relacionadas com a candidatura do Estudante Internacional ao IPLeiria devem ser consultadas na  página de Candidaturas de Estudantes Internacionais.

Nota: Esta informação não dispensa a consulta do edital constante nesta página