Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica – Área de Especialização em Enfermagem à Pessoa em Situação Crítica

Vagas abertas para 2020/2021

Apresentação do curso

A pessoa em situação crítica é aquela cuja vida está ameaçada por falência ou eminência de falência de uma ou mais funções vitais e cuja sobrevivência depende de meios avançados de vigilância, monitorização e terapêutica. Os cuidados de enfermagem à pessoa em situação crítica são cuidados altamente qualificados prestados de forma contínua à pessoa com uma ou mais funções vitais em risco imediato, como resposta às necessidades afetadas e permitindo manter as funções básicas de vida, prevenindo complicações e limitando incapacidades, tendo em vista a sua recuperação total (regulamento 124/2011 de 18 de fevereiro). A formação especializada de profissionais de enfermagem que respondam com maior eficiência às situações de trauma, emergência e apoio humanitário é também um desiderato da reorganização do nosso sistema de saúde. Foi com este pensamento e tendo em conta as competências esperadas no Enfermeiro Especialista em Enfermagem à pessoa em situação crítica (regulamentos 122/2011 e 124/2011 de 18 de fevereiro) que se desenhou um plano que permita o desenvolvimento de profissionais autónomos, com espírito crítico e reflexivo, que participem ativamente no desenvolvimento organizacional das instituições, respeitem a pessoa e a família em todo o processo de cuidados, participem na inovação e desenvolvimento da prática da enfermagem com recurso a metodologias de investigação e tomem decisões ético-legais de acordo com os valores da profissão.

Estrutura do curso
O curso de Mestrado está organizado em quatro semestres curriculares totalizando 120 ECTS, o que está de acordo com o definido no nº 1 do artigo 18 do decreto-lei nº 74/2006 de 24 de março. O ciclo de estudo terá a duração de 4 semestres e encontra-se estruturado da seguinte forma: o 1º semestre integra 4 unidades curriculares, num total de 30 créditos; o 2º semestre totaliza 6 unidades curriculares e 30 créditos; o 3º e 4º semestre são dedicados à realização de dois ensinos clínicos e de um relatório de estagio/dissertação na área do ciclo de estudos, com a duração de 1620 horas, num total de 60 créditos.

Este Mestrado tem parecer favorável da Ordem dos Enfermeiros para a atribuição do titulo profissional de Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica na Área de Enfermagem à Pessoa em Situação Crítica (a designação do curso foi alterada em conformidade com os requisitos da Ordem dos Enfermeiros para atribuição do título de especialista, encontrando-se em tramitação a sua publicação em Diário da República).

Objetivos

  1. Desenvolver intervenções especializadas de Enfermagem a doentes de médio e alto risco, integrando a família na equipa de saúde
  2. Dinamizar a resposta a situações de catástrofe ou emergência multivítima, da conceção à ação
  3. Maximizar a intervenção na prevenção e controlo da infeção perante a pessoa em situação crítica e /ou falência orgânica, face à complexidade da situação e à necessidade de respostas em tempo útil e adequadas
  4. Desempenhar o papel de perito na equipa de saúde na área de Enfermagem à pessoa em situação crítica
  5. Dinamizar a construção e difusão do saber na área da Enfermagem à pessoa em situação crítica
  6. Promover a capacidade de tomada de decisões éticas
  7. Estimular processos de mudança e inovação à luz do conhecimento científico e da investigação
  8. Conhecer as estratégias e a importância na gestão dos recursos na prestação de cuidados
  9. Desenvolver capacidades para organização e avaliação dos cuidados de Enfermagem

Plano curricular

CódigoUnidade Curricular Período ECTS Horas de contacto
A Pessoa em situação critica e/ou falência orgânicaS1325 h
Processos complexos de doença critica e/ou falência orgânicaS11090 h
Enfermagem à pessoa em situação crítica e /ou falência orgânicaS11090 h
Relação e comunicação em saúdeS1760 h
Prevenção e controlo da IACS - Infecção Associada aos Cuidados de SaúdeS2532 h
Enfermagem em situações de exceção e catástrofeS26,540 h
Metodologias de investigação aplicadaS2325 h
Supervisão de cuidadosS2332 h
Gestão em EnfermagemS2332 h
Ensino Clínico I - UrgênciaS29,5180 h
CódigoUnidade Curricular Período ECTS Horas de contacto
Opção IAnual60

Condições de acesso

Podem candidatar-se:

  1. Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal na área de Enfermagem;
  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo na área de Enfermagem;
  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Técnico-Científico da Escola;
  4. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando
    capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Técnico-Científico da Escola;
  5. Dois anos de exercício profissional à data do início do curso, no caso do candidato pretender obter o título profissional de enfermeiro especialista na área do ciclo de estudos.

Mais informações

Plano de estudos

Despacho n.º 8925/2020, D.R. n.º 182, 2.ª Série de 17 de setembro

Este mestrado tem parecer favorável pela Ordem dos Enfermeiros quanto à atribuição do título de especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica na área de enfermagem à pessoa em Situação Critica

Contactos
Serviços Académicos


Nota: Esta informação não dispensa a consulta do edital constante nesta página