Como me candidato a um TeSP

Candidaturas TeSP 2016-2017

Decorre até ao dia 16 de agosto, a 1.ª fase de candidaturas aos Cursos Técnicos Superiores Profissionais do Instituto Politécnico de Leiria.

As candidaturas aos Cursos Técnicos Superiores Profissionais são feitas exclusivamente on-line em http://candidaturas.ipleiria.pt.

Antes de efectuar a sua candidatura, leia atentamente toda a informação disponibilizada.

 

Oferta formativa 2016

ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS SOCIAIS – LEIRIA
Intervenção em Ambiente e Património (regime diurno)
Intervenção em Espaços Educativos (regime diurno)
Intervenção Social e Comunitária (regime diurno)
Intervenção Sociocultural e Desportiva (regime diurno)
Práticas Administrativas e Comunicação Empresarial (regime diurno)

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO – LEIRIA
Apoio à Gestão (regime diurno)
Automação, Robótica e Manutenção Industrial (regime diurno)
Automação, Robótica e Manutenção Industrial (regime pós-laboral)
Condução de Obra e Reabilitação (regime diurno)
Desenvolvimento Web e Multimédia (regime diurno)
Eletrónica e Redes de Telecomunicações (regime diurno)
Energias Renováveis e Eficiência Energética (regime diurno)
Fabricação Automática (regime diurno)
Gestão da Qualidade (regime diurno) – NOVO CURSO
Gestão dos Negócios Internacionais (regime pós-laboral)
Gestão Energética e Ambiental (regime diurno)
Processos de Transformação de Plásticos (regime diurno) – NOVO CURSO
Programação de Sistemas de Informação (regime diurno)
Projeto de Moldes (regime pós-laboral)
Redes e Sistemas Informáticos (regime diurno)
Redes e Sistemas Informáticos (regime pós-laboral)
Serviços Jurídicos (regime pós-laboral)
Sistemas de Informação e Modelação do Espaço Urbano (regime diurno) – NOVO CURSO
Sistemas Eletromecânicos (regime diurno)
Tecnologia Automóvel (regime diurno)
Tecnologia Automóvel (regime pós-laboral)
Venda e Negociação Comercial (regime diurno)

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN – CALDAS DA RAINHA
Audiovisual e Multimédia (regime diurno)
Design para Media Digitais (regime diurno)
Ilustração e Produção Gráfica (regime diurno)
Produção Industrial e Desenvolvimento do Produto – Cerâmica e Vidro (regime diurno)
Prototipagem Digital e Desenho 3D (regime diurno)

ESCOLA SUPERIOR DE TURISMO E TECNOLOGIA DO MAR – PENICHE
Análises Laboratoriais (regime diurno)
Animação em Turismo de Natureza e Aventura (regime diurno)
Aquacultura e Recursos Marinhos (regime diurno)
Cozinha e Produção Alimentar (regime diurno)
Gestão Hoteleira e Alojamento (regime diurno)
Inovação e Tecnologia Alimentar (regime diurno)

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE – LEIRIA
Gerontologia (regime diurno)

 

Quem se pode candidatar a um TeSP do IPLeiria?

  1. Titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente; (1)
  2. Titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional; (1)
  3. Estudantes que, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10.º e 11.º anos de um curso de ensino secundário, ou de habilitação legalmente equivalente, e não tendo concluído o curso de ensino secundário, sejam considerados aptos através de prova de avaliação de capacidade a realizar pela instituição de ensino superior; (2)
  4. Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março.(3)

 

(1) Sem necessidade de realização de prova de acesso

(2)Para efeitos de admissão, apenas serão consideradas as candidaturas de candidatos cujas unidades curriculares (ou módulos) em atraso sejam exclusivamente do 12.º ano (ou do 3.º ano no caso das formações profissionais ou tecnológicas). No caso das unidades curriculares bianuais ou trianuais, a classificação parcial do 10.º e do 11.º ano (ou do 1.º e do 2.º ano no caso das formações profissionais ou tecnológicas) deverá ser obrigatoriamente positiva (igual ou superior a 10 valores). Os estudantes terão de ter estado inscritos no 12.º ano durante pelo menos 1 ano letivo.

(3) Para efeitos de candidatura, serão apenas consideradas as candidaturas de candidatos que tenham realizado as provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos nos últimos 4 anos. Não será disponibilizada qualquer época de provas M23 específica para os candidatos aos TeSP.

 

Quais as condições de acesso e ingresso?

A seriação dos candidatos é feita mediante a aplicação de uma fórmula que pondera os seguintes critérios:
· Média de conclusão do curso de que é titular;
· Tipologia do curso de que é titular;
· Resultado da prova de admissão / prova M23 [apenas no caso dos candidatos dos critérios C) e D)]

Os candidatos que sejam titulares de um curso de ensino secundário completo ou habilitação legalmente equivalente, bem como  os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, não necessitam realizar qualquer prova de acesso específica para ingresso nos cursos técnicos superiores profissionais.

Critério de candidatura

Nota de Candidatura

CRITÉRIO A1

13,5+(média ensino secundário – 10)/10×6,5

CRITÉRIO A2

13,0+(média ensino secundário – 10)/10×6,0

CRITÉRIO B1

12+(média curso superior-10)/10×3

CRITÉRIO B2

12+(média CET-10)/10×3

CRITÉRIO C

10+(10-n.º de disciplinas em falta)/10×2

CRITÉRIO D

12+(nota da Prova M23-10)/10×5

CRITÉRIO A1 – titulares de um curso de ensino secundário, conferente de qualificação profissional na mesma área de educação e formação (CNAEF) do TeSP a que se candidata.
CRITÉRIO A2 – titulares de um curso de ensino secundário, não conferente de qualificação profissional, ou conferente de qualificação profissional em área de educação e formação (CNAEF) diversa da do TeSP a que se candidata.
CRITÉRIO B1 – titulares de um curso de ensino superior.
CRITÉRIO B2 – titulares de um curso de especialização tecnológica.
CRITÉRIO C – estudantes que, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10.º e 11.º anos de um curso de ensino secundário, ou de habilitação legalmente equivalente, sejam considerados aptos através de prova de avaliação de capacidade.
CRITÉRIO D – candidatos aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos.

 

Os estudantes que concorrem pelo critério C) acima referenciado serão sujeitos à realização de uma prova de admissão a definir para cada TeSP. As provas de admissão para cada curso serão promovidas e realizadas pelo Instituto Politécnico de Leiria.

Despacho Provas de Admissão

Lista de Provas

Programa e Bibliografia das Provas de Avaliação de Capacidade para Ingresso

Os estudantes admitidos pelo critério C) terão de frequentar, durante o curso, um conjunto de unidades curriculares adicionais, denominadas Formação Complementar.
Os estudantes que concorrem pelo critério D) acima referenciado serão sujeitos à realização da Prova M23 de acesso ao ensino superior a definir para cada TeSP.

 

Como se faz a candidatura a um TeSP?

A candidatura a um TeSP do IPLeiria é realizada no portal http://candidaturas.ipleiria.pt . 

Cada candidatura envolve 3 etapas:

  • registo no portal;
  • preenchimento do formulário de candidatura e submissão online da documentação solicitada;
  • pagamento da taxa de candidatura.

 

Qual a documentação a submeter?

Os candidatos deverão realizar a candidatura em: http://candidaturas.ipleiria.pt mediante o preenchimento e submissão do formulário de candidatura. O preenchimento do formulário implica a submissão, em suporte digital do Cartão de Cidadão ou de documento individual de identificação que o substitua. Os candidatos deverão ainda anexar a seguinte documentação:

 

Os candidatos que concorrem pelo critério A) deverão remeter igualmente:

  • Certificado de habilitações literárias do curso de ensino secundário ou habilitação legalmente equivalente (com média final de curso).

Os candidatos que concorrem pelo critério B) deverão remeter igualmente:

  • Certidão de conclusão do curso pós-secundário ou de ensino superior (com classificação discriminada e disciplina/módulo e média final de curso).

Os candidatos que concorrem pelo critério C) deverão remeter igualmente:

  • Extrato de classificações do curso de ensino secundário ou habilitação legalmente equivalente frequentado (com classificação discriminada por ano e disciplina/módulo).

Os candidatos que concorrem pelo critério D) deverão remeter igualmente:

  • Comprovativo de realização da prova especialmente adequada, destinada a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março (caso a tenham realizado nos últimos 4 anos).

 

Taxas e Emolumentos
Candidatura – 50,00 €
Valor da propina anual – 940,00 € (260,00 € no ato da matrícula + 8 prestações mensais de
85,00 €) – valor atualizável para cada ano letivo 

 

Outras Informações

Questões mais frequentes (FAQ’s)

Edital de Candidaturas 2016

Calendário de Candidaturas

Decreto-lei n.º 43/2014 – Cursos Técnicos Superiores Profissionais

Despacho n.º 9984/2014 – Regulamento de Acesso e Ingresso nos Cursos Técnicos Superiores Profissionais do Instituto Politécnico de Leiria