9ª Conferência de Inovação e Segurança Alimentar (CISA)
Inovação, qualidade e sustentabilidade dos sistemas alimentares: Novas tendências no sector

ESTM-IPLeiria | 24 DE MAIO | PENICHE

CISA.facebook_vfinal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conferência dedicada ao setor agroalimentar junta academia e empresas da área

ESTM/IPLeiria discute tendências na inovação, qualidade e sustentabilidade dos sistemas alimentares na CISA 2018

 

No próximo dia 24 de maio arranca na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Politécnico de Leiria (ESTM/IPLeiria), em Peniche,  a nona edição da CISA – Conferência de Inovação e Segurança Alimentar, dedicada ao tema “Inovação, qualidade e sustentabilidade dos sistemas alimentares: novas tendências no setor”. Este ano a CISA pretende ser um veículo de disseminação de investigação aplicada e de discussão de temáticas relacionadas com a segurança e inovação alimentar, bem como de promoção da interação entre a academia e os atores do setor alimentar, num evento que reúne cerca de 150 participantes.

«As empresas do setor alimentar e a comunidade científica têm como principais desafios a melhoria constante da segurança alimentar, da qualidade dos alimentos, e da criação de novos alimentos, visando garantir simultaneamente a saúde e o bem-estar dos consumidores», explica Rui Ganhão, docente da ESTM/IPLeiria e membro da organização da CISA. «A segurança, sustentabilidade e a inovação alimentar impõem por isso uma aproximação integrada e responsável, que se estende da produção ao consumidor, de modo coerente, efetivo e dinâmico», refere o docente.

Rui Ganhão salienta ainda que «a indústria alimentar tem a responsabilidade de continuar a gerar crescimento e empregos, não esquecendo a sustentabilidade. E para enfrentar este desafio, é necessário formar e interagir com novos técnicos alimentares com formação específica e diferenciada de modo a tornar ainda mais atraente este setor. A nossa Escola está inserida numa região com forte componente empresarial no setor, e temos apostado bastante na área alimentar quanto à oferta formativa».

Paulo Almeida, diretor da ESTM/IPLeiria profere a sessão de abertura da CISA 2018, às 9h45, que prossegue durante a manhã com painéis dedicados à inovação e qualidade no setor dos vegetais e frutas, desperdício alimentar versus sustentabilidade, ar comprimido e segurança global alimentar, entre outros. No período da tarde, fala-se de fraude alimentar e mostra-se a dicotomia entre inovação e produtos tradicionais. São ainda apresentados  três projetos de investigação, oriundos da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Politécnico de Leiria, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, e da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Bragança.

A CISA 2018 termina com a atribuição de prémios para os autores dos melhores pósteres. 

No relatório da Confederação Europeia da Indústria Alimentar, FoodDrinkEurope, destaca-se que a indústria alimentar continua a ser o maior setor de produção em termos de volume de negócios, valor acrescentado e emprego, sendo um dos principais motores da economia europeia. Este setor é também uma prioridade das principais organizações governamentais a nível internacional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

logo citurMARE Logomarca policromatica IPLeiria CMYKCampusDoMarejthrtantomartedqual