Estudantes do Politécnico de Leiria ensinam a cozinhar com algas em Espanha

Showcooking-Politécnico-de-Leiria_algas-invasoras

Quatro estudantes do politécnico de Leiria ensinaram a cozinhar com algas invasoras, no Mercado do Progreso, em Vigo, Espanha. O showcooking pretendeu demonstrar novas formas de utilização de algas que se encontram na costa Ibérica, neste caso na confeção de produtos alimentares inovadores, no âmbito do projeto europeu AMALIA (Algae-to-MArket Lab IdeAs), que o Politécnico de Leiria lidera, e que pretende valorizar as algas invasoras da costa, para o mercado alimentar, das rações, dos cosméticos e farmacêutico.

O showcooking foi preparado por estudantes do Curso de Técnico Superior Profissional em Cozinha e Produção Alimentar da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Politécnico de Leiria sob supervisão do chefe Samuel Sousa, que desenvolveram ao longo do semestre anterior diversas receitas utilizando a alga Codium. Num espaço aberto do mercado do Progreso, com grande afluência por parte do público, os estudantes explicaram as receitas desenvolvidas e deram a provar pratos como asanha, queijo de cabra, rissóis, croquetes, chamuças, cheesecake, barras energéticas e bolachas, tudo com um ingrediente em comum, as algas invasoras.

Para Samuel Sousa, que acompanhou os estudantes no desenvolvimento dos novos produtos, «o resultado de meses intensos de trabalho, n quais os estudantes foram desafiados, foi um sucesso, pela interação com o público, que teve oportunidade de provar as novas iguarias, acompanhadas de gin aromatizado com algas, também desenvolvido na ESTM, e de as aprovar». Além de degustar, os participantes levaram as receitas das iguarias, para as confecionar em casa.

Segundo Marco Lemos, docente no Politécnico de Leiria e coordenador do projeto AMALIA, «a alga Codium, à semelhança de várias outras, tem características únicas para a sua inclusão nas nossas opções gastronómicas, sendo fonte de iodo e vários outros nutrientes, e compostos com características nutracêuticas relevantes e benéficas para a saúde». O docente destaca ainda a oportunidade dos estudantes, que «puderam demonstrar num ambiente excecional as suas capacidades de inovação de produto, resultado de uma aprendizagem num ecossistema com base na investigação, característico da ESTM/IPLeiria».

As receitas utilizando a alga Codium foram desenvolvidas no Politécnico de Leiria em estreita colaboração com os parceiros do projeto europeu AMALIA, e o showcooking em Vigo resultou de uma parceria com a Universidade de Vigo.

26757080_942030349284987_601825220019169140_o

 

logo citurMARE Logomarca policromatica IPLeiria CMYKCampusDoMarejthronattantomartedqual