Mobilidade: Partilha e Conhecimento

  

img3 img4

Mobilidade de Pessoal Docente e Não Docente Erasmus +

O Programa Erasmus + prevê a Mobilidade de Docentes para Missões de Ensino (STA) e a Mobilidade de Pessoal (docente e não docente) para Formação ou job shadowing (STT). Existem outras oportunidades para realizar mobilidade académica através de outras ações. O Programa Erasmus Mundus – Ação 2, permite aceder a bolsas até 2017. Mais informação:

  • INFINITY
  • Cruz del Sur

Os candidatos a doutoramento podem ainda inscrever-se através do:

  • Programa Marie Skolowska-Curie no âmbito do Horizonte 2020. Ver mais aqui.

Outras formas indiretas para realizar mobilidade podem ser no âmbito de qualquer uma das seguintes ações:

  • Erasmus Mundus Mestrados Conjuntos ver + (JDAZ)
  • Parcerias Estratégicas
  • Alianças de Conhecimento
  • Alianças Sectoriais
  • Cooperação para a Inovação no Ensino Superior

Ver +

STT – Maria Alexandrina Noá – Alemanha
STA – Miguel Frade – Letónia
STA – Mário Antunes/Patrício Domingues – França
Luis Soares 2grupo de docentes
STA – Luís Soares – Lituânia

Mobilidades Outgoing para Missões de Ensino e para Formação

Perguntas Frequentes

 

Tabelas de Bolsas de Mobilidade – Para Missões de Ensino e Formação

Cálculo para despesas de subsistência e viagem

Calculador de Distâncias

Valores de Subsistência

Valores de Subsistência
País de Acolhimento Valor Diário p/ Subsistência (EUR dia)
Grupo A Dinamarca, Irlanda, Holanda, Suécia, Reino Unido 120EUR
Grupo BÁustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Checa, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Noruega, Polónia, Roménia, Turquia 105EUR
Grupo C Antiga República Jugoslava da Macedónia, Alemanha, Letónia, Malta, Portugal, Eslováquia, Espanha 90EUR
Grupo DCroácia, Estónia, Lituânia, Eslovénia 75EUR

Concurso Mobilidade 2017-2018

Concurso Mobilidade 2016-2017

Concurso Mobilidade 2015-2016

 

Mobilidades Incoming para Missões de Ensino (STA)

A Mobilidade pode ocorrer em qualquer período do ano exceto nas férias do Natal, Páscoa ou Férias Grandes, consulte aqui (+) o calendário académico. O GMCI irá encaminhá-lo para o departamento onde pretende lecionar dependendo a sua aceitação da disponibilidade do Departamento nas datas indicadas e da compatibilidade do programa de estudo com o lecionado na Escola em questão. A aceitação não é portanto automática, e necessita de confirmação que normalmente é dada através da assinatura do STA, ou acordo de Teaching Assignement .

Qualquer docente Incoming com o STA previamente assinado, deve informar o GMCI da sua vinda por email (acecilia@ipleiria.pt) assim como da eventual necessidade de marcação de alojamento, pelo menos 5 dias antes da sua chegada. Dessa forma é mais fácil articular o programa de trabalho com a Escola onde vai lecionar. Antes de partir, deve dirigir-se ao GMCI para recolher a declaração de estadia.

 

Mobilidades Incoming para Formação (STT)

A Mobilidade para Formação, pelas suas características específicas implica a mobilização de demasiados meios técnicos e humanos para que possa ocorrer durante todo o ano. O IPleiria organiza uma “Open Staff Week” no primeiro Semestre (Novembro) e uma International Week no segundo semestre (Maio) e apenas durante esses períodos é possível receber pessoal para formação STT. A vantagem é que nas datas indicadas são mobilizados recursos suficientes para poder oferecer um acompanhamento eficaz, assim como são disponibilizados meios para um programa cultural e social intenso. O facto dos STT incoming coincidirem apenas em dois períodos otimiza recursos e facilita o networking entre parceiros.

Consulte as datas dos eventos na plataforma IMOTION e no nosso site, increva-se e após receber a carta convite envie-nos o seus STT agreement para assinatura. O número de participantes é variável mas anunciados até 5 dias após o fecho das candidaturas.

Contatos:

Ana Boa-Ventura
Gabinete de Mobilidade e Cooperação Internacional (GMCI)

Email: acecilia@ipleiria.pt
telefone: +351 244 860448

Mobilidade Staff Erasmus +

O Programa Erasmus + prevê a Mobilidade de Docentes para Missões de Ensino (STA) e a Mobilidade de Pessoal (docente e não docente) para Formação (STT).

Procedimentos da Mobilidade de Docentes para Missões de Ensino (STA) e Formação (STT)

Formulário de programa de trabalho para missão de ensino (opcional)

Check list de documentos para candidatura

  • Formulário preenchido com programa de trabalho entre outras informações;
  • Documento formal (original ou digitalizado) comprovativo da aceitação da mobilidade por parte da entidade de acolhimento, subscrito por um responsável (Reitor/Presidente, Diretor, Coordenador de Departamento ou outro competente para o efeito) e devidamente carimbado;
  • Comprovativo ou certificado de domínio de língua de trabalho*

*no caso do destino ser Espanha ou Itália, questionar a entidade de acolhimento sobre a necessidade de certificado de língua.

Links Úteis

Concurso Mobilidade 2015-2016

Concurso Mobilidade 2014-2015

 

Plataforma IMOTION

 

O objetivo da plataforma é incrementar e rentabilizar as staff week na Europa e ao mesmo tempo envolver os Gabinetes de Relações Internacionais e os Gabinetes de Comunicação das IES na divulgação das staff weeks e oportunidades de formação para o staff das IES. Neste contexto a plataforma:

  • Promove as staff week;
  • Dissemina os resultados dos eventos que organizamos;
  • Ajuda na procura de parceiros para job shadowing;
  • Ajuda os candidatos a encontrar o local da mobilidade;

Pode conhecer mais do Programa Imotion aqui

 

Mobilidade para Países Terceiros

(não UE)

erasmusLogos. UICMpng

ICM- International Credit Mobility

(Guia info)

 

Abertura de candidaturas a 1 de Setembro de 2017

Durante cerca de 25 anos o Erasmus esteve restrito aos países da UE e a alguns países na Europa com os quais mantinha relações privilegiadas no que toca à mobilidade no Ensino Superior.

Desde 2014 o programa Erasmus + expandiu a sua atividade para os chamados Países Terceiros, ou seja, qualquer país que não faça parte da UE.

Para ter acesso aos países abrangidos por esta ação consulte as páginas 23 e 24 do Guia Erasmus 2017.  Ver aqui

Os países da ação, denominada ICM ou KA 107, estão divididos em envelopes. No entanto, as parcerias variam de ano para ano consoante as regras estabelecidas anualmente e ainda a acessibilidade a fundos, já que é necessário cofinanciamento do país terceiro envolvido. O tipo de mobilidade é muito semelhante ao existente para as ações do KA103, a mobilidade de estudos ou estágios para estudantes, de Staff docente ou não docente e tanto incoming como outgoing, se bem que a mobilidade incoming é mais beneficiada, já que se pretende incentivar os países terceiros a tomarem conhecimento do Ensino Superior na UE.

O Politécnico de Leiria tem de momento disponíveis para o ano de 2017/2018 as seguintes mobilidades, com os parceiros abaixo indicados:

Bósnia Herzegovina:

  • University of Sarajevo
  • International University of Burch

3 mobilidades STA de 5 dias + 2 dias viagem (7 dias total) viagem 360EUR + subsistência 840EUR

Ucrânia

  • Dombas National Academy of Civil Engineering and Architecture – DonNACEA
  • Donetsk National Technical University
    Edital

    Formulário de Candidatura Aqui