Retoma gradual das atividades presenciais
da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais


Sendo essencial continuar a garantir a segurança, saúde e bem-estar de todos os que se deslocarem à ESECS, após a cessação do estado de emergência, e enquanto se mantiver a situação de Pandemia causada pelo vírus SARS-CoV -2 e doença COVID-19;
     Tendo em conta as orientações para a retoma gradual das atividades presenciais no Politécnico de Leiria, previstas no Despacho n.º 120/2020 de 22 de abril de 2020, do Sr. Presidente do Politécnico de Leiria, nomeadamente o determinado no ponto 8 e a Recomendação, de 30 de abril de 2020, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, às instituições científicas e de ensino superior, relativamente à cessação do estado de emergência;
     Torna-se necessário adotar um conjunto de medidas que regulem a entrada e permanência nas instalações da ESECS, para a realização de atividades de suporte ao ensino a distância, investigação e prestação de serviços.
     As presentes medidas orientam-se pelo princípio da minimização de risco, nomeadamente tendo em conta as orientações de ocupação máxima dos espaços, higienização, etiqueta respiratória e distanciamento social, apelando-se ao seu cumprimento e à cooperação ativa de todos os que utilizam as instalações da ESECS, nomeadamente adotando um comportamento responsável e cumprindo rigorosamente as práticas recomendadas.
     As medidas instituídas serão objeto de monitorização sistemática e atualização, em função das necessidades verificadas com a evolução da atual situação, pelo que se aconselha a sua consulta sempre que se deslocar ao campus 1.
30 de abril de 2020



Entrada e permanência nas instalações da ESECS

  1. A entrada nas instalações deverá efetuar-se, preferencialmente, pelo Edifício A.
  2. Não deve entrar nas instalações da ESECS, se:
    1 Sentir algum sintoma associado à covid-19, entre os quais tosse, febre e dificuldade respiratória.
    2 Manteve contacto próximo com casos confirmados ou suspeitos de covid-19.
  3. Antes de entrar nas instalações, deve desinfetar as mãos. Se tal não for possível, deve lavar as mãos logo que entrar, cumprindo as recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS) sobre a forma de higienização das mãos.
  4. Durante a permanência nas instalações, deve cumprir as recomendações da DGS sobre higienização das mãos, etiqueta respiratória e distanciamento físico. Nesse sentido:
    1 É obrigatório o uso de máscara.
    2 Deve evitar o contato físico, nomeadamente na entrega de equipamentos ou documentos.
    3 Deve assegurar uma distância mínima de 2 metros das outras pessoas, em espaços fechados, e de 1 metro em espaços abertos.
    4 Deve lavar as mãos com frequência e sempre que contactar com outras pessoas, bem como equipamentos de uso partilhado (Ex: fotocopiadoras, telefones, teclados, ratos).
    5 Apenas deve entrar uma pessoa por vez nos WC, verificando a informação assinalada na porta de acesso aos WC.
    6 Deve desinfetar as mãos imediatamente antes de sair.
    7 Deve informar a portaria que irá abandonar as instalações.


Utilização de equipamentos informáticos por estudantes

Será permitida a utilização dos computadores existentes nos espaços a seguir identificados, mediante o cumprimento das seguintes regras de segurança e saúde, que visam reduzir riscos de contágio, nomeadamente o cumprimento da lotação máxima dos espaços e a prévia desinfeção dos equipamentos:
  1. Apenas poderá aceder ao espaço na sequência de autorização, solicitada presencialmente junto da portaria da ESECS.
  2. Na portaria, os interessados deverão exibir o cartão de estudante ou outro documento de identificação e confirmar a disponibilidade de computador.
  3. Apenas poderão ser utilizados os computadores com a identificação de DISPONÍVEL* e, preferencialmente, utilizando luvas. *Esta identificação significa que o equipamento se encontra desinfetado.
  4. O mesmo equipamento não pode ser utilizado, em simultâneo, por mais do que uma pessoa.
  5. De forma a permitir um maior acesso aos computadores, o equipamento não deve ser usado por um período superior a 3 horas.
  6. Decorrido este período, é possível continuar a utilizar o computador, no caso de não existirem outras pessoas a aguardar ou de existirem outros equipamentos disponíveis. 
  7. Após 30 minutos de ausência do posto de trabalho ocupado, e em caso de existência de outras pessoas em espera, serão retirados os objetos pessoais e o equipamento será desinfetado e cedido a outro interessado.
  8. Deverá ser sempre assegurado o cumprimento das medidas gerais de ENTRADA E PERMANÊNCIA NAS INSTALAÇÕES DA ESECS.

ESPAÇOS DISPONIBILIZADOS

Sala A.0.17

Sala A.1.7

Sala B.0.32

Sala D.1.2

No espaço comum do piso 1 do Edifício D



Utilização de outros espaços por estudantes

A utilização de gabinetes de trabalho, espaços multimédia, centros de recursos, laboratórios e ginásio (sem acesso aos balneários) apenas será permitida mediante o cumprimento das seguintes regras de segurança e saúde, que visam reduzir riscos de contágio, nomeadamente o cumprimento da lotação máxima dos espaços e a prévia desinfeção dos equipamentos:
  1. Apenas poderá aceder ao espaço na sequência de autorização, solicitada previamente por email para esecs@ipleiria.pt.
  2. Será dada preferência aos estudantes finalistas.
  3. Após comunicação da autorização, os interessados deverão exibir, na portaria, o seu cartão de estudante ou outro documento de identificação e requerer a chave do espaço.
  4. No manuseamento dos equipamentos devem ser utilizadas, preferencialmente, luvas.
  5. O mesmo espaço não pode ser utilizado, em simultâneo, por mais do que uma pessoa.
  6. De forma a permitir um maior acesso aos espaços, o espaço não deve ser usado por um período superior a 3 horas.
  7. Decorrido este período, é possível continuar a utilizar o espaço, no caso de não existirem outras pessoas a aguardar ou de existirem outros espaços disponíveis.
  8. Após 30 minutos de ausência do espaço ocupado, e em caso de existência de outras pessoas em espera, serão retirados os objetos pessoais e o espaço será desinfetado e cedido a outro interessado.
  9. Deverá ser sempre assegurado o cumprimento das medidas gerais de ENTRADA E PERMANÊNCIA NAS INSTALAÇÕES DA ESECS.


Utilização de espaços por docentes e técnicos

A utilização de salas, gabinetes de trabalho e laboratórios deverá assegurar o cumprimento das seguintes medidas de segurança e saúde, que visam reduzir riscos de contágio, nomeadamente o cumprimento da lotação máxima dos espaços e a prévia desinfeção dos equipamentos:
1 A utilização deverá ser realizada na sequência de pré-agendamento por email esecs@ipleiria.pt ou telefone 244 829 405.
2 Sempre que se pretenda efetuar uma utilização conjunta com outras pessoas, esta informação deve ser transmitida no agendamento, a fim de garantir a utilização de um espaço de dimensões adequadas.
3 Poderá solicitar na Portaria um equipamento de proteção individual (EPI), não sendo permitida a partilha do mesmo.
4 O mesmo equipamento informático não pode ser utilizado por mais do que uma pessoa sem prévia desinfeção.
5 Não deve partilhar telefones. Se tiver que utilizar um telefone, deve usar máscara enquanto fala ao telefone e, sempre que possível, optar pelo sistema de Alta Voz.
6 No final da utilização do espaço de trabalho, deve deixá-lo arrumado, podendo desinfetá-lo, se assim entender.
7 ANTES e APÓS a utilização de uma máquina multifunções, deve desinfetá-la, utilizando os frascos de limpeza disponibilizados no local e, de preferência, deve usar luvas no seu manuseamento.
8 Deverá ser sempre assegurado o cumprimento das medidas gerais de ENTRADA E PERMANÊNCIA NAS INSTALAÇÕES DA ESECS.
Serviços com atendimento presencial


Atendimento ao público – serviços com atendimento presencial

Deverá ser sempre assegurado o cumprimento das medidas gerais de ENTRADA E PERMANÊNCIA NAS INSTALAÇÕES DA ESECS. Na primeira quinzena de maio de 2020, continuará a privilegiar-se o atendimento não presencial – por email ou telefone – possibilitando-se, contudo, o agendamento de atendimentos presenciais nos seguintes serviços:

SERVIÇOS COM ATENDIMENTO PRESENCIAL
I. REQUISIÇÕES DE EQUIPAMENTOS, MATERIAIS E INSTRUMENTOS
• O serviço de requisições (requisição e devolução) será assegurado presencialmente na sequência de pré-agendamento, solicitado por email ou telefone.
• A entrega de equipamentos ou documentos será realizada sem contacto físico, cumprido os procedimentos de desinfeção.
Horário: 9H00-12H30 /14H00-17H30

CONTACTOS

E-mail: requisicoes.esecs@ipleiria.pt
Tel.: + 351 244 829 400
II. ESTUDANTES INTERNACIONAIS / MOBILIDADES
O atendimento presencial aos estudantes internacionais e a todos os que se encontrem ou pretendam realizar mobilidade será assegurado na sequência de pré-agendamento, solicitado para o email, ou telefone. Horário: 9H00-12H30 /14H00-17H30
Atendimento presencial: 3ª e 5ª feira,
9H00 – 12H30
CONTACTOS
E-mail: internacional.esecs@ipleiria.pt
margarida.cerejo@ipleiria.pt
Tel.: + 351 244 829 400
         + 351 244 829 472
III. SERVIÇOS ACADÉMICOS
O atendimento presencial será assegurado na sequência de pré-agendamento, solicitado para o email, ou telefone. Horário: 9H00-12H30 /14H00-17H30
CONTACTOS
E-mail: academicos.c1@ipleiria.pt
Tel.: + 351 244 829 400
IV. SERVIÇOS INFORMÁTICOS
O atendimento presencial será assegurado na sequência de pré-agendamento, solicitado para o email, ou telefone. Horário: 9H00-12H30 /14H00-17H30
CONTACTOS
E-mail: suporte.dsi@ipleiria.pt
Tel.: + 351 244 820 391
V. BIBLIOTECA  
  • A requisição domiciliária e a sua devolução de obras são previamente agendadas pelo utilizador junto da Biblioteca que serve o seu campus através dos seus endereços de correio eletrónico ou telefone.
  • Os utilizadores que se encontram fora das cidades de Leiria, Peniche ou Caldas da Rainha podem solicitar o envio de obras pelo correio e proceder à sua devolução em correio registado para as moradas abaixo indicadas.
  • As obras devolvidas ficarão 14 dias em quarentena e só poderão ser requisitadas após este período de isolamento.
Horário: 11H00-17H30

CONTACTOS

E-mail: biblioteca.campus1@ipleiria.pt
Tel.: + 351 244 829 461


Outras medidas técnicas e organizacionais de segurança e saúde

ESECS irá adotar um conjunto de medidas técnicas e organizacionais que garantam o distanciamento físico e a proteção de pessoas, entre as quais:
  1. Será fornecido equipamento de proteção individual (EPI) a todos os trabalhadores.
  2. Será dada continuidade à disponibilização de desinfetante para as mãos em locais convenientes.
  3. Para limitação da capacidade máxima dos espaços, será controlado e registado o acesso às instalações.
  4. Os meios de acesso comuns (como escadas, portas, elevadores e instalações sanitárias) serão adaptados para garantir a distância segura, nomeadamente através de marcação no pavimento ou com informação visível.
  5. Nos espaços comuns, as distâncias seguras serão identificadas nos pavimentos, através de marcação visível.
  6. Nas áreas comuns, as mesas e cadeiras serão dispostas com distância de segurança e podendo ser estabelecidos turnos de utilização.
  7. A limpeza dos espaços será reforçada, quer pelo aumento da frequência, quer pela utilização de produtos adequados para limpeza e desinfeção dos espaços, especialmente superfícies com as quais haja um contacto frequente (Ex: mesas, maçanetas, interruptores, instalações sanitárias).
  8. Será dada continuidade à ventilação dos espaços, preferencialmente através do reforço da ventilação natural, pelo arejamento dos locais de trabalho, que será assegurado, pelo menos duas vezes por dia.