Difusão da Informação

Vamos falar de leitura e bibliotecas? – Entrevistas aos leitores do Campus 3 (ESAD.CR)

Entrevista_web_outubro_2018Nome:

Flávia Raquel Ferreira Martins

 

Qual o curso que frequenta?
Licenciatura em Design Gráfico e Multimédia.

 

Que género de leitura gosta mais?
Romance.

 

Algum livro que tenha sido marcante? Porquê:

“Ensaio sobre a cegueira” de José Saramago. Uma crítica muito atual à sociedade em que vivemos.

 

Uma definição de biblioteca:

Biblioteca é um espaço que dá lugar ao conhecimento, e aumenta a minha produtividade. Bom ambiente!

Ver mais

20 anos da atribuição do Prémio Nobel da Literatura a José Saramago

20 anos da atribuição do Prémio Nobel da Literatura a José Saramago

A Biblioteca do Campus 4 assinala os 20 anos da atribuição do Prémio Nobel da Literatura a José Saramago através de uma mostra literária, uma entrevista, um retrato de Carlos Botelho e um cartaz elaborado para a exposição. A mostra estará patente de 8 a 18 de Outubro.

 

Ver mais

Dissertações de Mestrado da ESAD.CR disponíveis no repositório IC-Online

Mestrado em Design do Produto

Título: Gira Chita: Redesenho da chita portuguesa

Autor: Laila Regina do Nascimento Ferreira

[+] INFO 


Mestrado em Design do Produto

Título: Terra: Recolha e exploração de matéria

Autor: João Miguel Pereira Margarido

[+] INFO 


Mestrado em Design do Produto

Título: Espaço pelo objeto

Autor: Lino Ricardo Soares Rodrigues

[+] INFO


Mestrado em Design do Produto

Título: Híbrido

Autor: Ana Paula Correia Vala

[+] INFO 

Ver mais

Vamos falar de leitura e bibliotecas? – Entrevistas aos leitores da Biblioteca José Saramago (Campus 2)

Entrevista_web_setembro_2018-01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nome:
Carina Marques

Qual a sua profissão ou o curso que frequenta?
Técnica Superior do Gabinete de organização Pedagógica da ESSLei.

Há livros que nos marcam. Que livro a marcou? E porquê?
Existem três livros que me marcaram, talvez por os ter lido durante a minha adolescência, com 13/14 anos, e que ainda hoje me recordo muito bem: “Os filhos da Droga”, de Chiristiane F; “A Lua de Joana”, de Maria Teresa Maia Gonzalez e o “Diário de Anne Frank”, recordo-me de os ter lido num verão. Marcaram-me porque eram histórias verídicas, da atualidade e, no fundo, tinha algum “fascínio” pelos problemas sociais.

Que Biblioteca do Politécnico costuma frequentar?
Biblioteca José Saramago (Campus 2 do Politécnico de Leiria).

Qual o(s) motivo(s) que a leva a frequentar a(s) Biblioteca(s) do Politécnico de Leiria?
A Biblioteca José Saramago é um espaço muito agradável, quer para quem procura um espaço para estudar, investigar, quer para quem procura um espaço para um evento cultural, uma vez que dispõe de muita luz natural.

Numa frase, defina o que a Biblioteca José Saramago representa para si:
A Biblioteca José Saramago, para mim, representa um espaço de estudo, de cultural, de produção e de silêncio.

 

Ver mais

Comissão Europeia lança o seu concurso anual de tradução dirigido às escolas

A Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia convida alunos das escolas de toda a Europa a testar as suas competências de tradução, participando na 12.ª edição do concurso anual Juvenes Translatores.

Este ano, adolescentes com gosto pelas línguas irão ser chamados a traduzir um texto sobre o património cultural. O tema foi escolhido para comemorar o Ano Europeu do Património Cultural, 2018.

Os participantes deverão escolher uma das 552 combinações linguísticas possíveis a partir das 24 línguas oficiais da UE. No ano passado, houve traduções de polaco para finlandês, de checo para grego e de croata para sueco, para referir apenas alguns exemplos das 144 combinações que foram utilizadas.

Günther H. Oettinger, Comissário Europeu responsável pelo Orçamento, Recursos Humanos e Tradução, declarou: «As línguas estão no cerne da diversidade europeia e são uma das formas de compreendermos a nossa identidade. Através deste concurso, os jovens recordam-nos quão diferentes efetivamente somos e que a diversidade é uma das nossas maiores riquezas. Por conseguinte, convido todos os jovens que gostam de línguas a participar, ajudando, assim, a divulgar e desenvolver o nosso património linguístico-cultural

Para participar no concurso, as escolas têm de seguir o processo de registo, que decorre em duas fases.

Em primeiro lugar, as escolas secundárias devem inscrever-se no sítio Web http://ec.europa.eu/translatores. As inscrições abrem em 1 de setembro de 2018 e terminam ao meio dia de 20 de outubro de 2018, podendo ser feitas em qualquer uma das 24 línguas oficiais da UE.

De seguida, a Comissão Europeia selecionará, aleatoriamente, um total de 751 escolas e convidá-las-á a designar dois a cinco alunos para participar no concurso. Os alunos podem ser de qualquer nacionalidade e devem ter nascido em 2001.

O concurso terá lugar em 22 de novembro e decorrerá simultaneamente em todas as escolas participantes.

Os vencedores — um por país — serão anunciados no início de fevereiro de 2019 e receberão os seus prémios na primavera de 2019, numa cerimónia especialmente dedicada ao evento, que decorrerá em Bruxelas.

Durante a sua visita, os alunos terão a oportunidade de conhecerem tradutores profissionais da Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia — responsáveis pela avaliação das suas traduções — e falar sobre a profissão de tradutor.

 

Para mais informações:

Sítio Web Juvenes Translatores:

Fotografias da cerimónia de entrega dos prémios de 2018

Siga a Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia no Twitter: @translatores

Ver mais

“Vamos falar de leitura e bibliotecas?” – Entrevistas aos leitores da Biblioteca José Saramago (Campus 2)

Entrevista_web_julho_2018

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nome:
Sandra Brás

Qual a sua profissão ou o curso que frequenta?
Mestrado Marketing relacional e funcionária da ESTG.

Há livros que nos marcam. Que livro o marcou? E porquê?
Saga “Millenium”, de Stieg Larsson e David Lagercrantz.

Que Biblioteca do Politécnico costuma frequentar?
Biblioteca José Saramago (Campus 2).

Qual o(s) motivo(s) que o/a leva a frequentar a(s) Biblioteca(s) do Politécnico?
O espaço é muito agradável para estudar e tem uma coleção enorme de livros para consulta em variadas áreas científicas. Nos últimos tempos considero importante o investimento em literatura de lazer.

Numa frase, defina o que a Biblioteca José Saramago representa para si:
Representa uma boa parceira nos momentos de estudo durante a licenciatura e o mestrado. E também em eventos culturais realizados ao longo do ano.

 

 

Ver mais

DiscoverEU: 15 000 passes de viagem disponíveis para explorar a UE este verão

Os candidatos devem ter completado 18 anos até 1 de julho de 2018, ser nacionais de um país da UE e estar dispostos a viajar este verão.

Até 26 de junho (12h00), os jovens podem candidatar-se a um bilhete que lhes dá a oportunidade de partir à descoberta do seu continente entre julho e o final de outubro de 2018. A iniciativa DiscoverEU permitir-lhes-á compreender melhor a diversidade da Europa, apreciar a sua riqueza cultural, fazer novos amigos e reforçar o sentimento de identidade europeia. Tibor Navracsics, Comissário responsável pela Educação, Cultura, Juventude e Desporto, afirmou: «O DiscoverEU oferece aos jovens uma excelente oportunidade de descobrirem a Europa através de um périplo pessoal, de um modo que nenhum livro ou documentário pode igualar. Estou certo de que esta experiência proporcionará uma mudança positiva aos jovens e às comunidades que eles visitarem. A iniciativa que lançamos amanhã é uma oportunidade de fazer surgir 15 000 histórias europeias inesquecíveis, a que se seguirão muitas mais ainda este ano e, assim o esperamos, nos anos futuros.»

No âmbito desta nova iniciativa da UE, os jovens poderão viajar a título individual ou enquanto parte de um grupo constituído, no máximo, por cinco pessoas. Regra geral, os participantes viajarão de comboio. No entanto, a fim de assegurar um amplo acesso em todo o continente, os participantes podem, em casos especiais, utilizar modos de transporte alternativos, tais como o autocarro ou o ferry, ou, excecionalmente, o avião. Desta forma, os jovens que vivem em ilhas ou zonas remotas que façam parte da UE também terão a possibilidade de participar. Dado que 2018 é o Ano Europeu do Património Cultural, os viajantes terão a oportunidade de participar em numerosos eventos que estão a ser organizados em toda a Europa.

 

Como candidatar-se
Os candidatos devem indicar os seus dados pessoais e dar algumas informações sobre a viagem que planeiam fazer. Terão ainda de responder a cinco perguntas relacionadas com o Ano Europeu do Património Cultural 2018, as iniciativas da UE para os jovens e as próximas eleições para o Parlamento Europeu. Por último, terão de responder a uma pergunta adicional sobre quantos jovens pensam que se candidatarão a esta iniciativa. As respostas permitirão à Comissão Europeia selecionar os candidatos. Uma vez selecionados, os participantes têm de começar a sua viagem entre 9 de julho e 30 de setembro de 2018. A viagem pode durar até 30 dias e incluir entre 1 e 4 destinos no estrangeiro.

 

Antecedentes
Com um orçamento de 12 milhões de euros para 2018, pretende-se que a iniciativa DiscoverEU dê a pelo menos 20 000 jovens a oportunidade de viajarem pela Europa este ano. A cada Estado-Membro da UE foi atribuído um número de passes de viagem baseado na percentagem da sua população em relação à população total da União Europeia. A primeira fase de candidaturas, lançada amanhã, permitirá que 15 000 contemplados explorem o seu continente. Uma segunda fase, com pelo menos 5 000 bilhetes, terá lugar no outono de 2018. A Comissão Europeia tenciona desenvolver a iniciativa e, por conseguinte, incluiu-a na sua proposta para o próximo programa Erasmus. Se o Parlamento Europeu e o Conselho aprovarem a proposta, espera-se que mais 1,5 milhões de jovens de 18 anos possam viajar entre 2021 e 2027, com o apoio de um orçamento de 700 milhões de euros.

DiscoverEU é uma iniciativa da UE baseada numa proposta do Parlamento Europeu, que assegurou o seu financiamento para 2018 através de uma Ação Preparatória. A iniciativa está centrada nos jovens de 18 anos, uma vez que esta idade é um marco importante na passagem para a idade adulta.

A Comissão Europeia gostaria de ouvir a opinião dos jovens viajantes e incentivá-los-á a partilharem as suas experiências e aventuras. Por esta razão, uma vez selecionados, os participantes farão parte da comunidade DiscoverEU e tornar-se-ão embaixadores da iniciativa. Serão convidados a contar as suas experiências de viagem, por exemplo, através das redes sociais, como o Instagram, o Facebook, o Twitter, etc., ou mediante apresentações na escola ou na comunidade local.

Para mais informações:

Memo

Portal Europeu da Juventude: Candidata-te aqui

Ver mais

“Vamos falar de leitura e bibliotecas?” – Entrevistas aos leitores da Biblioteca do Campus 3 (ESAD.CR)

Entrevista_web_jun_2018

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Nome:
Vadym Alyekseyenko

Qual o curso que frequenta?
Licenciatura em Design Gráfico e Multimédia.

Que género de leitura gosta mais?
Fantasia, policial e documentais.

Algum livro que tenha sido marcante? Porquê?
Bartleby, o Escriturário – Porque fala da sociedade e do dia-a-dia, e de quando aparece alguém diferente ou dá uma resposta incomum a algo, como por exemplo: “Vai trabalhar!” E a outra pessoa diz: “Preferia não fazer”.

Uma definição de biblioteca:
Hoje em dia uma biblioteca é diferente. Antigamente era apenas uma procura de conhecimento. Na atualidade é um local calmo, social e que abre muitas portas ao conhecimento pessoal. Basta nós termos o desejo do conhecimento e ele está por detrás das portas da biblioteca.

 

Ver mais

O que é o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD)?

O RGPD estabelece as regras relativas ao tratamento, por uma pessoa, uma empresa ou uma organização, de dados pessoais relativos a pessoas na UE.

CDE miniaturaA partir de 25 de maio de 2018, com a entrada em vigor do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados, passará a existir um conjunto único de regras de proteção de dados para todas as empresas ativas na UE, independentemente da sua localização.

Regras de proteção de dados mais rigorosas significam um maior controlo dos cidadãos sobre os seus dados pessoais condições mais equitativas para as empresas.

 

 

Direitos para os cidadãos

Saiba como são protegidos os seus dados pessoais, conheça os direitos que o ajudarão a recuperar o controlo dos seus dados e descubra o que fazer se algo correr mal.

Regras para empresas e organizações

Saiba o que a sua organização tem de fazer para cumprir as regras de proteção de dados da UE e de que modo pode ajudar os cidadãos a exercerem os direitos que lhes são conferidos pelo regulamento.

>> Saiba mais aqui

Ver mais

Exposição de trabalhos dos alunos Erasmus – Biblioteca Campus 3 (ESAD.CR)

Exposição dos Estudantes “Incoming” 2017/ 2018, no âmbito da Semana Internacional, na Biblioteca do Campus 3 (ESAD.CR) até 22 de maio. Esperamos pela tua visita!

 

Ver mais