TeSP de Ambiente, Património e Turismo Sustentável

Vagas abertas para 2020/2021

Objetivos

Planear, gerir e executar projetos e atividades de divulgação, preservação e de valorização e divulgação dos recursos ambientais e patrimoniais e turísticos intrínsecos a uma região, conjugando competências nas áreas das ciências naturais e sociais, no sentido de promover a sustentabilidade e o desenvolvimento social, económico e turístico.

Explorar, promover e comercializar produtos locais e regionais, através da constituição e empoderamento das organizações locais, utilizando para isso os canais tradicionais conectados com as plataformas proporcionadas pela Internet.

Planear e concretizar roteiros turístico-culturais com base no património da região enquanto recurso endógeno.


Atividades Principais

  • Planear, gerir e executar projetos e atividades de preservação, valorização e divulgação dos recursos ambientais, patrimoniais e turísticos intrínsecos a uma região:
  • Promover a sustentabilidade do desenvolvimento social, cultural, turístico e económico a nível regional;
  • Programar a reabilitação e gestão de atividades de divulgação e exploração dos recursos naturais e culturais endógenos de uma região, de forma equilibrada e sustentada para o desenvolvimento local e para o lazer e turismo regional, nacional e internacional;
  • Planear e Implementar atividades e projetos de dinamização turística e promoção de produtos de excelência de origem regional;
  • Promover e explorar recursos multiculturais numa perspetiva de coesão das comunidades com a integração e dinamismo dos imigrantes, turistas e outros atores da globalização;
  • Desenvolver projetos relacionados com a preservação e promoção turística dos recursos ambiental e cultural, com respeito pela conservação e valorização patrimonial;
  • Planificar, gerir e executar atividades ao nível das micro e pequenas empresas relacionadas com a natureza ambiental, patrimonial e turística no domínio virtual ou no real;
  • Elaborar itinerários turísticos, em que se utilizem os métodos, técnicas e boas práticas para este instrumento prático de promoção turística, nomeadamente ao nível do ecoturismo;
  • Planear e gerir projetos criativos de animação do património cultural, etnográfico e folclórico, no sentido da valorização económica dos recursos locais e regionais;
  • Projetar e realizar estudos orientados para a compreensão da cultura local, potenciando o património como fonte de turismo e desenvolvimento comunitário sustentável.

Plano curricular

CódigoUnidade Curricular Período ECTS Horas de contacto
4544101História Local e Educação para a CidadaniaS1545 horas
4544102Etnologia e EtnografiaS1545 horas
4544103Património Cultural e Turismo no Espaço RuralS1660 horas
4544104Introdução ao TurismoS1660 horas
4544105Património GeológicoS1445 horas
4544106Educação Ambiental para o Desenvolvimento SustentávelS1445 horas
4544107Desafios Ambientais ContemporâneosS24,545 horas
4544108Multiculturalidade e Desenvolvimento LocalS2545 horas
4544109Património BiológicoS2445 horas
4544110Acessibilidades na Área do Ambiente, do Património e do TurísmoS24,545 horas
4544111Métodos e Técnicas de Investigação em Ciências SociaisS2560 horas
4544112Itinerários TurísticosS2760 horas
CódigoUnidade Curricular Período ECTS Horas de contacto
4544113Intervenção em Património e MuseusS1560 horas
4544114Gastronomia e VinhosS1660 horas
4544115Empreendedorismo no Comércio LocalS1560 horas
4544116Turismo CulturalS1660 horas
4544117Marketing e MultimédiaS1445 horas
4544118Higiene e Segurança no TrabalhoS1445 horas
4544119EstágioS230640 horas

Prosseguimento de estudos

ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR
O acesso e ingresso no Ensino Superior para os titulares de um Curso Técnico Superior Profissional (TeSP) é regulado pelo Decreto-Lei n.º 113/2014. Os titulares de um TeSP podem concorrer a um ciclo de estudos de licenciatura pela via dos Concursos Especiais de Acesso ao Ensino Superior.

O ingresso estará sujeito a seriação, conforme legislação aplicável, e ao número de vagas estipulado para o curso/regime a que se candidata. As informações sobre os concursos especiais podem ser consultadas aqui.

 

Condições de acesso

  1. Titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente
  2. Titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional
  3. Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março
Nota: Esta informação não dispensa a consulta do edital constante nesta página

BarraFinan