Acessibilidade e usabilidade

Acessibilidade

Plataformas de eLearning

Desde 2007 que procuramos implementar uma plataforma acessível. A opção inicial foi a plataforma Blackboard, uma vez que estava em conformidade com a Section 508 da Rehabilitation Act. Contudo, os testes realizados com validadores automáticos (W3C) mostraram que algumas das funcionalidades não estavam em conformidade com as WCAG. Além disso, o modelo de ensino a distância adoptado pelo IPLeiria, aposta em premissas sócio-construtivistas, com especial enfoque na comunidade de aprendizagem e no trabalho colaborativo. Como a versão instalada em 2007 (Blackboard 6.0) não apresentava variedade de funcionalidades potenciadoras de interação entre os vários elementos da comunidade de aprendizagem. Estes foram alguns aspetos que nos levaram a mudar para a plataforma Moodle 1.9, em 2010. Esta nova plataforma, superava algumas falhas detetados no Blackboard. Além disso, o facto de de ser open source e ter uma comunidade muito dinâmica e sensível às questões de acessibilidade, pesou na decisão. Em 2013 houve necessidade de atualizar a plataforma de eLearning para a versão 2.5. Foi desenhado um novo tema e foi testada a acessibilidade da maioria das funcionalidades, tendo sido acrescentada uma barra de acessibilidade que não se sobrepõe aos Agentes de Utilizador.


Acessibilidade

Webconferência

Dos testes realizados a várias plataformas de webconferência, a plataforma Big Blue Button é acessível a utilizadores de leitor de ecrã e para quem navega exclusivamente por teclado. Esta plataforma foi integrada na plataforma de elearning tendo sido realizados testes de acessibilidade após a sua integração.


Recomendações gerais

Produção de documentos acessíveis

Modelos de apresentações e documentos